Agende sua consulta

Olá Cliente Nome!

Obrigado por entrar em contato com a Clínica Henrique Elkis, sua solicitação de agendamento de consulta foi recebida com sucesso.

Sua consulta ainda não foi confirmada, por favor aguarde que retornaremos o contato para confirmar os seus dados e a data da consulta.

Em caso de dúvidas ligue para:
11. 2165-2480

Atenciosamente,

Clínica Henrique Elkis


Tratamento de mioma
com a radiologia intervencionista

A técnica de embolização de Mioma é um tratamento
que preserva o útero e a saúde da mulher.

Procure opinião médica, de preferência com um especialista. Envie suas dúvudas


Dicas para o tratamento de mioma

Sabemos que o mioma é um tumor benigno. Portanto a retirada do útero para tratar o mioma se torna cada vez mais desnecessária. O avanço tecnológico da medicina, tanto em equipamentos quanto em medicamentos, nos dá acesso a um número crescente de opções para o tratamento do mioma e parte do procedimento, como a internação já tem cobertura por alguns convênios e planos de saúde.

É importante entender que o tratamento não deve ser visto como um fim, e sim como um meio para que você obtenha o máximo de benefícios perante a doença com qualidade de vida. Uma das principais dúvidas das mulheres com sintomas de mioma é qual médico devem procurar para tratar o problema. Para ajudar, seguem as dicas do Dr. Henrique Elkis:

Para entender a diferença entre a Miomectomia e a embolização de mioma, assista este vídeo e em caso de dúvidas entre em contato.

Em primeiro lugar, é importante observar se você possui alguns dos sintomas e visitar um especialista em mioma para diagnosticar o tipo de mioma. Quanto mais cedo a presença do mioma for identificado mais chances você terá de tratar sem complicações.

O médico poderá identificar o mioma pelo exame físico (toque vaginal) e posteriormente através dos exames de imagem – ultrassom (o mais comum), histeroscopia ou ressonância magnética. Com o laudo em mãos, ele indicará os tratamentos disponíveis de tratar o mioma.

Hoje, o tratamento mais inovador é a embolização uterina. É um procedimento seguro, que oferece uma recuperação rápida para as pacientes. Foi descrito pela primeira vez em 1995 por um ginecologista francês e é realizado por especialistas em Radiologia Intervencionista. Como o mioma é "alimentado" por sangue, o corte desse suprimento leva à morte dos tumores.

A técnica da embolização uterina é realizada sob anestesia local através da punção de uma artéria da virilha e, com cateteres muito finos, "entope-se" as artérias que irrigam o mioma com pequenas esferas. Após dois ou três ciclos menstruais, a paciente passa a menstruar normalmente. O período de internação é de 24 horas, não há cortes ou cicatrizes e a paciente pode voltar rapidamente às suas atividades. Além disso, a função uterina é mantida e a gravidez pós-embolização uterina é hoje uma realidade.

Tratamento de Mioma

A Radiologia Intervencionista é uma especialidade médica minimamente invasiva, ou seja sem cicatrizes e internações prolongadas.

O tratamento de Mioma é um procedimento seguro, que oferece recuperação rápida e é realizado sob anestesia local.

O período de internação é de 24 horas, não há cortes ou cicatrizes e a paciente pode voltar rapidamente às suas atividades.

Além disso, a função uterina é mantida e a gravidez pós-embolização uterina é hoje uma realidade.

O que é a Radiologia Intervencionista?

A Radiologia Intervencionista é uma especialidade médica que avançou muito nos últimos 20 anos, é um procedimento minimamente invasivo que visa obter os mesmos resultados das técnicas cirúrgicas convencionais, porém sem cicatrizes e internações prolongadas. Os procedimentos são realizados com auxílio de um equipamento de alta resolução de imagem, como o ultrassom ou a tomografia computadorizada, proporcionando a visualização de imagens dos vasos sanguíneos. Em alguns equipamentos é possível obter a reconstrução em três dimensões e até imagens do interior do vaso.

Mas quem é o especialista em radiologia intervencionista?

Os radiologistas intervencionistas usam seu conhecimento em leitura de raios-x, ultrassom e outras imagens médicas para guiar pequenos instrumentos como cateteres (tubos que medem apenas alguns milímetros de diâmetro) através dos vasos sanguíneos ou outros caminhos do corpo, para tratar doenças internas. Estes médicos são radiologistas especializados em intervenções percutâneas (cirurgia sem cortes). O treinamento especializado é certificado hoje pela Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular (SOBRICE).

Convênio médico ou plano de saúde

Os atuais planos de saúde e convênios médicos cobrem toda parte de internação, enfermaria e exames, sendo que o tratamento de embolização do mioma é um procedimento particular realizado pelo médico Intervencionista especialista. Saiba mais sobre a cobertura do seu convênio para tratamento de mioma.

Recomendações:

De acordo com Dr. Henrique Elkis, a principal recomendação é que toda mulher consulte um médico que pedirá um histórico clínico completo, fará exame físico e solicitará ou revisará estudos complementares. Ao concluir que os sintomas são decorrentes da miomatose, o próximo passo é apresentar e discutir todas as opções terapêuticas disponíveis. Quando a paciente aceita realizar a embolização uterina, será necessário revisar os estudos laboratoriais e de imagem - que têm uma validade média de 30 dias - e então agendar a embolização.

Fontes Bibliográficas

ENVIE SUA DÚVIDA